Uma Malla pelo mundo Interney.net/blogs/malla

domingo, novembro 21, 2004

Barcelona

Resolvi participar da brincadeira do blog Ay Caramba!, do Guilherme, que propunha a uma galera assistir ao mesmo filme ("Barcelona", de Whit Stillman) e todo mundo comentar no post de hoje. Achei a brincadeira muito divertida, apenas com um detalhe: nunca vi esse filme, e não consegui, aqui no meio da Ásia, achar o mesmo.

Póing!!!!

Mas não pudia perder a oportunidade da brincadeira, então resolvi colocar aqui minhas impressões sobre... a cidade de Barcelona!!!!

(Sei que isso não tem muito a ver com o filme, mas pelo menos é uma tentativa!!)

Casa Milla
Telhado de "La Pedrera", um dos maravilhosos prédios de Gaudí que você encontra em Barcelona.

Estive em Barcelona em 1997. Cheguei para ficar 4 dias e fiquei 8 - e ficaria mais se o dinheiro não tivesse acabado. Na época, estava mochilando pela Europa, portanto viajando naquele esquema mais que chavão: albergue, mochilona nas costas, dormir em trens e estações, comer o mínimo possível pra não gastar dinheiro, aproveitar qualquer atração que fosse de graça.

(Um parênteses: sempre achei que ao invés de pagar spa ou coisas do gênero para emagrecer, as pessoas deveriam mochilar pela Europa com pouco dinheiro. Custa mais ou menos a mesma coisa, e você ainda se empanturra de bons museus, aprende história ao vivo e a cores, e vive momentos de puro prazer - nada se compara a poder sentar no Parc Güell em Barcelona com todos aqueles Gaudís em volta. Eu perdi mais de 7 kg em 2 meses de aventura. E detalhe: nunca mais engordei. Fim do parênteses)

Barcelona já estava em meu roteiro devido a minha paixão por Gaudí, Miró e Picasso. Uma praça com uma escultura feita pelo Miró... não é em qualquer lugar do planeta que você vê essa "extravaganza". Fui a Barcelona com a missão de ver as obras desses 3 artistas incríveis. Mas, como tudo na vida é imprevisível - e eu adoro isso, by the way - Barcelona se mostrou ser a melhor vida noturna da Europa inteira. É claro, os clubs techno de Berlim, na época, eram o ápice do "cutting edge", totalmente pirados, ainda no clima inicial da Love Parade, mas Barcelona, era o "fun for fun", a diversão acima de tudo, uma espécie de Rio de Janeiro falando espanhol e sem grandes problemas de violência. Praticamente todas as minhas noites em Barcelona foram acompanhadas de um grupo divertidíssimo de brasileiros que conheci no albergue, e alguns espanhóis engraçados. Porto Olímpico, bares nas Ramblas, andar a esmo pela noite da cidade... senti-me em casa. Elegi Barcelona como uma das cidades mais interessantes de se viver. Pouco dormi e muito me diverti. Tudo é tão colorido!!!

Das obras que vi por lá, sem dúvida a "Fonte de Mercúrio", escultura do museu Miró, foi o que mais me impressionou - boa (?) cientista que sou, tinha que me interessar por algo que agregasse ciência com arte. A escultura fica dentro de uma câmara fechada, pois o mercúrio, como todos sabem, é um elemento tóxico e volátil - e pesa horrores. Aquela escultura em que um filete de mercúrio fluía por um caminho engenhoso que só a genialidade de Miró permite imaginar... foi como uma síntese de toda a minha admiração pela obra dele.

Prometi a mim mesmo que voltaria a Barcelona para ficar mais tempo, aproveitar melhor a cidade sem a correria e a falta de dinheiro que eu vivi em 97. Barceloneta, museu Picasso, Aquário, Ramblas, Parc Güell, Fundação Miró, Sagrada Família, praias,... tudo de novo, mas com mais traqüilidade. Um sonho escondido pro futuro.

E como todo bom sonho, demora a se realizar. A vida deu mil voltas, e nunca mais pude voltar a Barcelona - pelo menos não até agora. Mas foi a cidade sem dúvida que mais me conquistou na Europa, que mais abriu seu coração para mim, e onde eu pensei: aqui é o meu lugar.

Quem sabe no futuro??

Tudo de bom sempre.

PS: Esse post foi escrito apenas com as minhas memórias de Barcelona. Não recorri a nada pela Internet, livros ou o que seja para complementar - apenas as coisas boas que remanesceram. Talvez uma busca pela Internet revele mais. Mas não teria para mim o gostinho da lembrança... Desde já, desculpas aos que esperavam um guia de Barcelona resumido...

Marcadores: , ,