Uma Malla pelo mundo Interney.net/blogs/malla

sexta-feira, outubro 14, 2005

...E o tempo passa...

Não, eu não desencanei do blog. Na realidade, fiquei com o coração apertado durante essa semana, por não poder postar nada aqui, por ter negligenciado por "tanto" tempo esse meu espaço querido - no mundo virtual, onde o tempo parece adquirir outra medida mais veloz, 5 dias pode significar muita coisa.

Aliás, eu queria alongar o tempo. Quando era mais nova em véspera de prova e entrega de trabalhos escolares importantes, delirava sem censura, e acreditava piamente que o mundo inteiro deveria incentivar a NASA (por que especificamente a NASA, não me pergunte, não faço idéia) a fazer pesquisas que diminuíssem a velocidade de rotação da Terra - dessa forma, o tempo passaria mais devagar, e poderíamos aproveitar melhor o mundo. Principalmente, aproveitar melhor aquelas tardes na praia com os amigos.

Absoluta falta de tempo. Parece ser a reclamação da maioria das pessoas (eu inclusa, por favor), e com razão. O tempo, essa quarta dimensão tão valorosa, parece cada vez passar mais rápido - e às vezes eu ainda me deparo questionando em sonho Einstein por achar estranho alguem viajar à velocidade da luz e o tempo passar mais devagar... Acho que é o excesso de informação. Esse monte de conhecimento que abarrota todo dia as pessoas do mundo serve de força de atrito para a nossa real velocidade imaginária. É o pós-Katrina em Nova Orleans, terremoto no Paquistão, o novo iPod vídeo,... muita informação pra neurônios cansados.

Às vezes, precisamos apertar o botão OFF e simplesmente desligar de tudo isso. E deixar o tempo passar em velocidade de Caixa-Prego. Pelo menos enquanto a NASA não dá um jeito nisso. :-)

Tudo de bom sempre.

*********************************

- Sei que a essa altura do campeonato já está todo mundo mais que ciente da última blogagem coletiva do Nós na Rede, sobre o referendo da proibição de armas de fogo. Hoje finalmente tive o famigerado tempo para ler os posts lá linkados. Vale a pena, viu... Parabéns a todos que participaram, e que os votos no dia 23 sejam conscientes pelo Brasil a fora.

Marcadores: