Uma Malla pelo mundo Interney.net/blogs/malla

quinta-feira, março 29, 2007

Entrevista em Limeira

Semana passada, estive em Limeira para encontrar 2 figuras implacáveis da blogosfera: Flávio Prada e Biajoni. Ambos no momento travam um duelo por quem tem o relato mais engraçado do encontro com o outro, mas eu, tranquila que sou, deixo aqui a minha história simples de como tudo realmente aconteceu - pelo menos na parte em que eu estive envolvida.

Recebi um telefonema de Flávio Prada na quarta-feira. Ele estava de passagem pelo Brasil, e quinta seria seu último dia no país - voltava à noite a sua prima Itália. Eu já havia comentado pelo Google Talk com ele que estaria viajando pra São Paulo na quinta, e ele obviamente me convenceu a passar por Limeira. Algumas horas depois, ligou de volta, dizendo que Biajoni sugerira uma entrevista na TV Local onde trabalha. "Entrevista de quê?" perguntei, com cara de ponto de interrogação. "Ah, sobre blogs, etc." Flávio não sabia sobre o quê também, logo percebi. Mas, como adoro uma aventura, ainda mais em companhias tão especiais, topei. E assim, fomos na quinta de manhã rumo a Limeira.

Chegamos e encontramos Flávio nos esperando na porta da casa dele no centro de Limeira. Já estávamos atrasados para a entrevista, mas Flávio acalmou dizendo que não era para nos preocuparmos. Na TV, ficamos na sala de espera enquanto outros convidados eram entrevistados antes da gente - gente, eu ia mesmo aparecer numa TV pela primeira vez na vida! (Sim, porque a vez que meu colégio foi ao extinto "Bobeou Dançou" da Xuxa não conta, já que eu nem apareci na tela. Valeu só pela bagunça adolescente no estúdio da Globo.)

Fatos e Noticias2Fatos e Noticas4
Aguardando a hora da entrevista na sala de espera do estúdio, com o ilustre arquiteto Flávio Prada. Ao lado, já no estúdio, com a entrevistadora, em clima de Jô.

Flávio tem uma voz muito pacata e firme, e é exatamente a pessoa maravilhosa e engraçada que seus textos, emails e papos no MSN sugere. Conversamos um pouco na sala de espera e logo fomos chamados pro estúdio do "Fatos & Notícias". Sentamos no sofá dos entrevistados - fiquei nervosa, confesso, e fico imaginando o que sentem as pessoas que sentam no sofá do Jô ou do David Letterman. Bia comenta que a Viva e a Luluzita estavam no MSN mandando beijos, e eu fico mais nervosa ainda. O programa voltou do intervalo comercial e começa a sessão de perguntas com Flávio e comigo. Tudo light. "Qual seu post mais lido?" e afins. Bia faz questão de mostrar a página dos 2 blogs no ar, e comenta sobre a foto do lambaru na Flórida - e eu completo que nesse caso específico é mais interessante focar na garoupa que está atrás de mim, porque aquela espécie está criticamente em risco de extinção, pelo Red List, a um pequeno passo da extinção completa.

A entrevista correu bem, e quando o programa terminou (éramos os últimos entrevistados do dia), fomos conversar com Bia sobre a fantastiqueza daquele encontro: enfim, eu, Flávio e Bia, num estúdio de TV em Limeira. O nervosismo da timidez passara. Flávio ofereceu-nos almoço em sua casa para comemoração de tal encontro. Fomos.

Desnecessário comentar o quanto a mãe do Flávio é um doce. Fez a melhor das comidas caseiras, e o almoço foi nota 10. Papo descontraído, nada de surrealidades, Bia comentando sobre Henry Miller e o Big Sur, Flávio debulhando sua rota até a Itália. Infelizmente, logo tivemos que nos separar, pois Flávio ia pra Campinas pegar o ônibus pra Guarulhos, eu e André íamos para São Paulo, e Bia ia voltar pro trabalho na TV. Aos 45 minutos do segundo tempo, eu havia conseguido conhecer Flávio e Bia. Inacreditável.

Fatos e Noticias1Fatos e Noticias3
Eu e Flávio no divã de entrevistados. Ao lado, o registro histórico daquela manhã: com Mr. Biajoni, em Limeira.

Mas fica a nostalgia: deliciosa manhã que passamos juntos, vai dizer?

Tudo de bom sempre.

******************

P.S.: O link com o vídeo da entrevista eu coloco aqui assim que o Bia conseguir uploadeá-lo no You Tube. Me ajudem a apertar o Bia pra fazer isso logo, hehehehe. (Brincadeirinha, viu, Biajoni?)

Marcadores: ,